sábado, 25 de Outubro de 2014

É fácil voltarmos ao cinema clássico americano depois de ver o "Gone Girl", de David Fincher. Voltarmos a filmes como "Leave Her to Heaven", "Where the Sidewalk Ends", "Ace in the Hole", pensar muito em Wilder ou Lang. Para nos apercebermos que, pensando bem, não há um momento em "Gone Girl" que nos incomode verdadeiramente, como, pelo contrário, acontecia com esses filmes e cineastas. Fincher parece mesmo mais preocupado com o seu próprio cinema, a sua máquina, pôr as coisas a andar à sua maneira. Imaginamos que ele devia ter ficado com aquela primeira parte do filme, mas mesmo aí questionamos imenso a sua narração. E lá voltamos outra vez aos clássicos americanos; como é que começaria um filme destes à época? Provavelmente, com um plano e/ou uma voz off que nos dissesse logo tudo sobre as consequências das acções, nada escondendo. Aí sim, imagino, começaria um filme interessante.

terça-feira, 21 de Outubro de 2014

Obrigado RTP #2

"O estádio do Mónaco não tem pressão nenhuma, parece um teatro."

Vítor Pereira, no "Grande Área", aludindo à média de espectadores no estádio do Mónaco.

Obrigado RTP #1

segunda-feira, 13 de Outubro de 2014

Ah, David, que é uma alegria ter-te de volta


"Um...um..um...WOODY ALLEN??"

"Woody Allen? Serve, primeiro, para baralhar as pessoas...". Link.

Já estava mais ou menos alinhavado um post circense a esta coisa, com personagens que iam de José Rodrigues dos Santos a Rita Marrafa de Carvalho, de Papa Costa a Bispo Peranson, passando por um casal cinéfilo, um homem que tinha estado em coma e que ainda não sabia que no lugar do outrora épico cinema punheteiro há agora um local "que muita falta fazia não só a Lisboa, como ao continente europeu", do próprio Borges, até desaguar em centenas de extras como multidão faminta de justiça. Mas depois pensou-se melhor e achou-se que a frase, em si, já é suficiente. É como fazer paródias aos Monty Python.

"planos para o futuro"



Plano de grua? Plano de grua é Vidor!


As comadres de outrora foram substituídas pelo Google.

Wang Bing



Caso não haja mais nenhum adiamento ou cataclismo semelhante, estão encontrados os dois melhores filmes do ano.

Mas ainda falta estrear o Gódárde!!!

Eu peço desculpa, eu peço desculpa, eu peço desculpa, eu peço desculpa, eu peço desculpa...


Mas ainda falta estrear o Nolan!!!

Eu peço desculpa, eu peço desculpa, eu peço desculpa, eu peço desculpa, eu peço desculpa...

este blogo anda com demasiadas músicas de prestígio


fiquemos com a música...


...que o "filme" do irmão é cousa de indigente auto-comiseração.

e também esse velho truque de não tendo nada de nada para "se dizer", captar-se, então, esse processo de vazio. Vai para o caralho, pá.